ITENS NO CARRINHO (0)
Carrinho vazio
Seu carrinho está vazio Navegue agora pelas categorias de nossa loja e escolha os produtos desejados para adicionar em seu carrinho de compras
Growth
User
Fale Conosco
Clique aqui
O que é glutamina?

O que é glutamina?

A glutamina é um aminoácido presente em grandes quantidades no corpo humano, concentrado especialmente no tecido muscular e no plasma. Na sua composição há átomos de carbono, nitrogênio, hidrogênio e oxigênio. A glutamina tem relação direta com a imunidade .

Muito embora alguns estudos a classifiquem como não essencial, ela é responsável por diversas funções fisiológicas, sendo fundamental na participação de importantes atividades do metabolismo.

Tecidos como neurônios, células pancreáticas, fígado, intestino, células do sistema imune e rins utilizam a glutamina para o seu funcionamento.

Para que serve glutamina?

Para que serve glutamina?

A glutamina tem muitas funções em nosso organismo. Primeiramente, porque é essencial na otimização do balanço nitrogenado e na manutenção da síntese proteica dos músculos.

Além disso, é uma fonte energética importante para as células que compõem o sistema imunológico. No âmbito da cadeia de atuação do sistema imunológico, a glutamina atua por meio do estímulo à produção de linfócitos T, B e imunoglobulina A.

Na prática, isso se reflete em melhorias na função imune intestinal, reduzindo significativamente a translocação bacteriana durante uma inflamação. Vários tecidos usam a glutamina em altas taxas, inclusive o próprio sistema nervoso central.

Glutamina e imunidade

Glutamina e imunidade

A glutamina desempenha um papel importante no sistema imunológico, porque atua no estímulo da produção de linfócitos T, B e da imunoglobulina A, também conhecida como IgA. Por isso, é correta a afirmação de que a glutamina ajuda a aumentar a imunidade .

O sistema imunológico do corpo humano tem a função de combater todos os microrganismos invasores que tentam acessar as células humanas. Para que o sistema esteja forte, é importante que ele tenha os nutrientes, que servem como ferramenta para combater os invasores.

Assim, o funcionamento adequado do sistema imune depende do equilíbrio de inúmeros nutrientes, e a glutamina é um deles. A deficiência nutricional pode causar estresse oxidativo e depressão do sistema imune.

Algumas condições, como a prática de atividades físicas em excesso, podem causar estresse oxidativo, contribuindo para o enfraquecimento do sistema imune. Nesse sentido, é fundamental manter uma dieta rica e variada, sem abrir mão do acompanhamento de um profissional da área de nutrição.

Como tomar a glutamina?

Como tomar a glutamina?

A glutamina é um suplemento que pode ser ingerido por qualquer pessoa, caso ela tenha alguma necessidade específica. Atletas praticantes de atividades de alto desempenho e pessoas com baixa eficiência no sistema imunológico, por exemplo, são especialmente beneficiados com a ingestão do aminoácido.

As orientações em relação à ingestão de glutamina devem ser buscadas junto ao profissional de nutrição que faz o seu acompanhamento. Ele terá condições de recomendar a suplementação, de acordo com as individualidades e necessidades específicas de cada paciente.

Por isso, para saber como tomar glutamina e atingir os melhores resultados na sua estratégia, a dica é que você converse com o profissional responsável pelo seu acompanhamento nutricional, para que ele oriente em relação às quantidades e à forma de consumo do aminoácido na sua rotina alimentar.

Glutamina: consumo em excesso

Glutamina: consumo em excesso

Alguns estudos científicos primários realizados em pacientes saudáveis avaliaram a resposta ao consumo oral de glutamina em doses de 0, 0,1 e 0,3 g por quilograma. Estes estudos focaram em respostas a curto prazo, e o resultado apontou para a inexistência de evidências quanto à toxicidade clínica.

Trabalhos de pesquisa também utilizaram quantidades mais elevadas, chegando a doses de 0,5 g por quilograma ao dia em indivíduos saudáveis. Neste caso, igualmente, não foi identificado qualquer efeito colateral. Entretanto, este resultado se limitou aos pacientes saudáveis. No caso de pacientes críticos com infecção hospitalar, o consumo de dosagens superiores a 0,5 g apontou para o aumento da mortalidade.

Dessa forma, evite ingerir suplementos sem o acompanhamento de um nutricionista, especialmente no que diz respeito às quantidades.

Glutamina: contraindicações

Glutamina: contraindicações

Antes de tomar qualquer tipo de suplemento, e isso inclui a glutamina, é fundamental realizar uma avaliação médica e nutricional. Antes de recomendar a glutamina ou qualquer outra substância, o nutricionista vai avaliar questões como: idade, histórico médico, hábitos alimentares, hábitos de vida, existência de problemas crônicos, rotina de treinos, entre outras questões.

É com base nessas informações que ele determina sua dieta e suplementação. A princípio, não existem contraindicações mais expressivas relacionadas à suplementação de glutamina. Entretanto, ela só deve ser feita quando houver real necessidade.

Glutamina para melhorar a imunidade é na Growth Supplements!

Glutamina para melhorar a imunidade é na Growth Supplements!

Aqui, na Growth Supplements, você encontra os melhores suplementos de vitaminas para aumentar a imunidade e ajudar a complementar a sua dieta. Os produtos produzidos exclusivamente pela Growth vão ajudar a melhorar a sua saúde e bem-estar, contribuindo para que você atinja seus objetivos.

Se você é praticante de atividades físicas e tem estratégias específicas focadas em ganho de massa magra e hipertrofia, pode aproveitar para conhecer o nosso whey protein, suplemento proteico de alta qualidade e recomendado por profissionais da área de saúde.

Destacamos que os clientes da Growth têm acesso a um suporte profissional de nutricionistas, disponíveis para auxiliá-los em dúvidas relacionadas aos produtos.

Conte com a Growth Supplements para encontrar vitaminas para aumentar a sua imunidade e suplementos que podem trazer inúmeros benefícios para sua saúde, com alta qualidade, segurança e eficácia.

REFERÊNCIAS

SANCHES, Christiane Kleszcz Freitas et al. Possíveis decorrências da suplementação da glutamina no sistema imunológico e na melhora do desempenho de praticantes de exercício físico, 2018.

PÁDUA, Jaqueline Guerreira Filipus. Os efeitos das glutamina no sistema imunológico associado à prática de exercícios físicos: uma revisão.

CRUZAT, Vinicius Fernandes et al. Glutamina: Aspectos Bioquímicos, Metabólicos, Moleculares e Suplementação, 2009.

SCHOLER, Cinthia Maria. Metabolismo da glutamina e exercício físic: aspectos gerais e perspectivas, 2017.

  • Recuperação Muscular
  • Auxilia o sistema imunológico
  • Estimula saúde intestinal
R$54,00 R$48,60 10% OFF
ou R$ 54,00 no cartão de crédito
em até 6x de R$ 9,00 sem juros