Nossas entregas estão funcionando normalmente
keyboard_arrow_left
6x Sem Juros
10% OFF à vista 10% Off no Boleto
Seu dinheiro de volta Seu dinheiro de volta Utilize o G Pontos nas compras Clique aqui
Dieta atkins

Embora dietas com corte de carboidratos e o elevado consumo de proteínas existissem, a dieta atkins para o emagrecimento se popularizou, nos anos 60, com a publicação do livro do amerciado Robert Atkins. Assim, esse tipo de dieta se tornou mais conhecida entre as pessoas interessadas em nutrição.

A dieta recebe este nome em homenagem ao seu fundador, o doutor e cardiologista norte-americano Robert Atkins, na década de 1970. A dieta já possui mais de 40 anos de existência e continua sendo muito utilizada mundo afora. Muito em parte, seu sucesso se deu pela ótima divulgação, por meio do livro escrito pelo seu próprio criador, intitulado “A Dieta Revolucionária do Dr. Atkins”.

O QUE É A DIETA ATKINS?

O QUE É A DIETA ATKINS?

O método do doutor Atkins é uma dieta hipocalórica. Logo, trata-se de uma dieta para emagrecer. Ela também é uma dieta cetogênica, com consumo restrito para carboidratos (como frutas, pães, farinha, macarrão, açúcares e doces), enquanto a ingestão de lipídios e proteínas, tais quais carnes vermelhas, ovo e frango, é liberada.

A dieta é composta por três fases, denominadas “dieta de indução”, “dieta permanente” e “dieta de manutenção”.

Basicamente, o que se altera entre as fases é a quantidade de carboidratos consumida. Para a primeira etapa, o comum é fazer uma restrição diária severa do macronutriente, sendo permitido consumir apenas um valor entre 15 e 20 gramas. A primeira fase seria, justamente, o momento em que se realiza a perda mais rápida e intensa de peso.

A fase dois acontece depois de atingir a perda máxima de peso. A partir de então aumenta-se o consumo diário de carboidratos em mais 5 gramas.

A fase três é dividida em pré-manutenção, onde se aumenta mais 5 gramas de carboidratos, totalizando até 30 gramas diários do macronutriente. Por fim, ocorre a manutenção propriamente dita, momento no qual o indivíduo irá estabelecer a quantidade de carboidratos que irá consumir por toda a vida.

COMO A DIETA ATKINS EMAGRECE?

COMO A DIETA ATKINS EMAGRECE?

A chave para o emagrecimento nesta dieta está na redução drástica no consumo de carboidratos, resultando numa redução calórica e promovendo um défict calórico que contribuí para o processo de emagrecimento. Assim, há uma mobilização das reservas energéticas do organismo e, portanto, das reservas de gordura corporal. A lógica é a mesma de qualquer outra dieta cetogênica. Segundo o próprio criador da dieta, o cardiologista Robert Atkins, ao reduzir para quase zero o consumo do nutriente, a dieta deixa o organismo ausente da liberação de insulina, passando a utilizar amplamente as reservas de gordura como fonte de energia para sobreviver, resultando em uma perda rápida de gordura corporal, por meio de uma queima de calorias eficiente.

Apesar de garantir bons resultados de maneira rápida, a dieta Atkins não deve ser prolongada por muito tempo em sua primeira fase, onde a ingestão de carboidratos é quase nula. Junto ao método, é importante cultivar uma dieta balanceada e saudável, a fim de preservar os quilos perdidos e evitar o efeito sanfona.

DIETA

DIETA ATKINS E HIPERTROFIA

Assim como a dieta low carb, a dieta Atkins não é recomendada para atletas que buscam uma dieta para hipertrofia. Por restringir quase integralmente os carboidratos, ela pode causar a diminuição do desempenho nos treinos, visto que o fornecimento de energia é reduzido em todo o corpo.

Uma dieta para engordar que leve em consideração as necessidades e metas do atleta é mais indicada para o ganho de massa muscular. Outra opção é a realização da dieta para bulking, que também possui o propósito de construir massa muscular para, posteriormente, realizar o que é denominado cutting.

DIETA ATKINS E O ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL

DIETA ATKINS E O ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL

Apesar de ter uma fórmula difundida e de ser possível encontrar várias orientações na internet, a consulta com um nutricionista é recomendada para a realização de uma análise individual precisa.

Cada pessoa possui características únicas, sendo possível ajustar a dieta para ser mais eficiente e saudável. Isso se estende às muitas outras formas de dietas disponíveis na internet, como a dieta dukan, a dieta mediterrânea, a dieta líquida e a dieta vegana.

DIETA ATKINS: CARDÁPIO

DIETA ATKINS: CARDÁPIO

Uma vantagem do cardápio deste método é que o consumo de proteínas e gorduras costuma amenizar bastante a sensação de fome. Assim, apesar de ser uma dieta restritiva, a tendência a desistir dela costuma ser menor do que quando comparada a outras formas de dietas de restrição.O cardápio da dieta varia levemente entre as três fases. Isso ocorre porque o aumento no consumo de carboidratos liberados possibilita a inclusão de novos alimentos que contenham este nutriente.

No entanto, durante os três momentos, a prioridade é consumir proteínas e gorduras de boa qualidade.

Proteínas

Proteínas

Carnes como bife, porco, carneiro e bacon. Peixes como atum, salmão, linguado, truta e solha. Aves como frango, peru, pato e ganso. Crustáceos como ostras, mexilhão, camarão, mariscos e lagosta. Ovos também são permitidos.

Gorduras e óleos

Óleos que contêm ômega-3, como óleo de salmão e óleo de linhaça. Todos os óleos vegetais são permitidos, sendo os melhores os de canola, nozes, soja, gergelim, girassol e açafrão. A manteiga é permitida, mas não a margarina. Maionese também é liberada na dieta.

Verduras

Verduras

Verduras folhosas em geral, como alface, escarola, rúcula, chicória, cebolinha, além de pepino, rabanete, repolho, couve-flor, vagem, brócolis, entre outros.

Queijos

Todos os queijos curados e frescos são permitidos, de leite de vaca e de cabra.

SUPLEMENTOS PARA DIETA E TREINO: GROWTH SUPPLEMENTS

SUPLEMENTOS PARA DIETA E TREINO: GROWTH SUPPLEMENTS

Na Growth Supplements, você encontra os melhores suplementos para realizar sua dieta, treino de hipertrofia e muito mais. Conheça todas as opções disponíveis no site, como whey protein, termogênicos, BCAA, creatina, entre outros!

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

STRINGHINI, Maria Luiza Ferreira; SILVA, Janaina Macêdo Costa; OLIVEIRA, Fernanda Granja de. Vantagens e desvantagens da dieta Atkins no tratamento da obesidade. Salusvita, v. 26, n. 2, p. 153-64, 2007.