ITENS NO CARRINHO (0)
Carrinho vazio
Seu carrinho está vazio Navegue agora pelas categorias de nossa loja e escolha os produtos desejados para adicionar em seu carrinho de compras
Growth
User
Fale Conosco
Clique aqui

colageno tipo 2 para que serve

  • Auxilia na função articular
  • Principal proteína das cartilagens
  • Não desnaturado
R$67,00 R$60,30 10% OFF
ou R$ 67,00 no cartão de crédito
em até 6x de R$ 11,17 sem juros
O que é colágeno tipo 2?

O que é colágeno tipo 2?

Você quer entender o que é o colágeno tipo 2 e para que serve? A palavra “colágeno” é utilizada para se referir a um grupo de diferentes proteínas encontradas nos tecidos conjuntivos do organismo humano.

É considerado o composto mais importante dos tecidos conjuntivos. Dividido em tipos, podemos afirmar que os tipos 1, 2 e 3 são os mais abundantes no nosso organismo. Enquanto o tipo 1 está presente nos ossos, tendões e na pele, o tipo 2 se concentra em maiores quantidades na cartilagem e o tipo 3 está na pele e nos músculos.

Desta forma, podemos dizer tratar-se de proteínas presentes principalmente nos olhos, nas cartilagens e nos discos intervertebrais, sendo fundamentais para as articulações e cartilagens.

De acordo com o estudo “Colágeno: características químicas e propriedades funcionais”, o colágeno tipo 2 tem uma estrutura muito semelhante ao colágeno tipo 1. A diferença é que o primeiro possui um diâmetro menor em relação ao segundo.

Em termos clínicos e farmacológicos, o colágeno tipo 2 serve como alternativa relevante no tratamento de problemas articulares e das cartilagens, como é o caso da artrite.

Para que serve o colágeno tipo 2?

Para que serve o colágeno tipo 2?

De forma geral, o colágeno tipo 2 é utilizado como suporte no tratamento de doenças como artrite, artrose e obesidade, em razão da sua associação com o desgaste nas cartilagens e dores das articulações.

A prática intensa de atividades físicas também pode contribuir para o surgimento de dores e desgastes articulares, motivo pelo qual o colágeno tipo 2 também pode ser usado como suporte em tratamentos de pacientes com demandas específicas nesse sentido.

A proteína previne o desgaste das cartilagens e articulações, tratando pacientes, tanto em fase de prevenção, quanto em quadros onde o problema já está instalado.

Prevenção de doenças articulares

Prevenção de doenças articulares

Um dos principais benefícios do colágeno tipo 2 e principal meio de utilização é na prevenção e no tratamento de doenças nas articulações. Presente nos olhos, nas cartilagens e nos discos intervertebrais, ele ajuda no funcionamento e na manutenção da composição adequada de articulações e cartilagens.

Sob a perspectiva terapêutica, ele é recomendado para tratamento de patologias como osteoporose e osteoartrite. O seu potencial para aumento da densidade mineral óssea ajuda na proteção das cartilagens das articulações e no alívio de sintomas de dor relacionados aos desgastes nesses locais.

Estimula o organismo a produzir colágeno

Estimula o organismo a produzir colágeno

O colágeno tipo 2 também tem o papel de estimulante na produção de colágeno no organismo. Há alguns anos, têm sido realizados estudos buscando compreender os mecanismos de ação do envelhecimento e as estratégias que buscam retardar os efeitos do tempo sobre o organismo.

O envelhecimento cutâneo, por exemplo, um dos primeiros sinais visíveis da ação do tempo, está relacionado especialmente à fragmentação da matriz de colágeno na pele. Esta fragmentação reduz a produção de colágeno e, consequentemente, favorece o rápido avanço no processo de envelhecimento.

De acordo com o estudo “Colágeno: características químicas e propriedades funcionais”, há evidências científicas suficientes que demonstram a efetividade dos tratamentos antienvelhecimento, como a injeção de ácido hialurônico, no estímulo e na produção de colágeno pelo corpo.

Na prática, isso se reflete no retardo do envelhecimento e na melhora da aparência e saúde da pele.

Ação anti-inflamatória

Ação anti-inflamatória

Doenças articulares causam dor, inflamação e imobilidade, e, em alguns casos, podem levar à perda de função da articulação. Alguns estudos não conclusivos indicam que alterações ósseas podem iniciar ou influenciar no processo de degradação da cartilagem.

O uso de colágeno tipo 2 em casos específicos e situações que já apontam para quadros inflamatórios pode favorecer significativamente a redução dos sintomas, especialmente dores, imobilidade e inflamação.

Colágeno tipo 2 traz benefícios para a pele?

Colágeno tipo 2 traz benefícios para a pele?

Sozinho, ele não tem a capacidade de trazer benefícios diretos para a pele. Entretanto, há tratamentos específicos e combinações de suplementos que podem auxiliar a diminuição da ação das enzimas responsáveis pela sua degradação da pele, mantendo o equilíbrio da produção do colágeno pelo organismo. Isso se reflete no retardo do envelhecimento e na melhora da aparência e saúde da derme.

Colágeno tipo 2: há contraindicações?

Colágeno tipo 2: há contraindicações?

Via de regra, não há contraindicações ou efeitos colaterais associados à ingestão do colágeno 2. Entretanto, é importante que o paciente interessado em ingerir cápsulas de colágeno tipo 2 busque orientação com um nutricionista.

É fundamental avaliar as particularidades clínicas de cada paciente, suas necessidades e a melhor estratégia nutricional e de suplementação, para ajudar a atingir os seus objetivos.

Colágeno tipo 2 com o melhor preço na Growth

Colágeno tipo 2 com o melhor preço na Growth

Agora, você já conhece as principais características e os benefícios do colágeno tipo 2, identificando como o suplemento pode contribuir para a melhora da saúde de articulações e cartilagens.

Apesar da sua comprovação científica, é importante que o paciente tenha em mente que, antes de ingerir cápsulas de colágeno tipo 2, é imprescindível consultar um profissional de saúde, já que ele é o único capaz de orientar acerca do melhor tratamento, de acordo com as suas necessidades individuais.

Desta forma, o suporte de um médico ou nutricionista faz toda a diferença na segurança e na eficácia do seu tratamento. Além disso, o atendimento especializado previne contra eventuais riscos e efeitos colaterais que podem ser causados, especialmente em razão do consumo de quantidades inadequadas.

Na Growth, além do colágeno tipo 2, você encontra outros suplementos, como o colágeno e o colágeno verisol, vitaminas e proteínas específicas para estratégias de ganho de massa muscular.

Aproveite para conhecer os suplementos e as vitaminas da Growth Supplements e adquira produtos desenvolvidos com foco em qualidade, boas práticas de fabricação e alto grau de segurança.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

1. O que você precisa saber sobre o colágeno hidrolisado tipo 2, disponível em https://blog.vhita.com.br/colageno-hidrolisado-tipo-2/, acesso em 15.03.21 ás 12h;

2. Problemas nas articulações: como ajudar os clientes da farmácia?, disponível em https://blog.iberomagistral.com.br/problemas-nas-articulacoes/, acesso em 15.03.21 às 13h

3. GONÇALVES, Gleidiana Rodrigues; OLIVEIRA, Maria Auxiliadora Silva; MOREIRA, Raulzito Fernandes; BRITO, Daniel - Benefícios da ingestão de colágeno para o organismo humano, 2015.

4. Verisol, disponível em https://www.gelita.com/pt-pt/produtos-e-marcas/peptideos-de-colageno/verisol, acesso em 15.03.21 às 13h30.

5. SILVA, Tatiana Ferreira; PENNA, Ana Lúcia Barreto - Colágeno: características químicas e propriedades funcionais, 2012.

6. LIMA, Igor Costa; WU, Shaumin Vasconcelos; SILVA, Luciana Mota; FREITAS, Jofre Jacob da Silva; CARNEIRO, Francisca Regina Oliveira; OLIVEIRA, Fabíola Raquel Tenório - Quantificação de colágeno tipos I e III em lesões de pele de pacientes portadores de hanseníase, 2020.

7. FRANZEN, Jaqueline Maisa; SANTOS, Juliangela Mariane Schroder Ribeiro; ZANCANARO, Vilamir - Colágeno: uma abordagem para a estética, 2013.

8. PORFÍRIO, Elisângela; FANARO, Gustavo Bernardes - Suplementação com colágeno como terapia complementar na prevenção e tratamento de osteoporose e osteoartrite: uma revisão sistemática, 2016.

9. D.M. Vargas, L. Audí, *A. Carrascosa - Peptídeos derivados do colágeno: novos marcadores bioquímicos do metabolismo ósseo, 1997.

  • Auxilia na função articular
  • Principal proteína das cartilagens
  • Não desnaturado
R$67,00 R$60,30 10% OFF
ou R$ 67,00 no cartão de crédito
em até 6x de R$ 11,17 sem juros