Para que serve Maltodextrina

Suplemento fonte de carboidratos, este nutriente pode ser dividido em três categorias principais:

- monossacarídeos (exemplos: glicose e frutose)
- dissacarídeos (sacarose, maltose e lactose)
- polissacarídeos (maltodextrina / polímeros de glicose)

Nosso organismo não digere e nem absorve os nutrientes da mesma forma, por este motivo um mecanismo denominado índice glicêmico (IG) foi desenvolvido para avaliar o efeito dos carboidratos sobre a glicose sanguínea. O IG é um indicador qualitativo do poder de um carboidrato ingerido em elevar os níveis glicêmicos no sangue. Alto IG eleva a glicose de maneira rápida. Baixo IG não eleva a glicemia.

A maltodextrina é uma fonte de carboidratos complexos, de digestão rápida e fácil e com alto IG. Isto faz com que ela seja bem indicada tanto para refeições aleatórias quanto para refeições especificas como pré e/ou pós treino, o objetivo de cada indivíduo determinará como deve ser a oferta deste nutriente. Ao elevar a glicose Maltodextrina atua como hormônio responsável por transportar glicose, aminoácidos e gorduras para dentro das células sendo interessante estimular este hormônio em momentos onde há uma rápida necessidade de absorção principalmente de glicose e aminoácidos (pré ou pós treino) De uma forma geral podemos dizer que os carboidratos são o combustível de nosso organismo. São eles a serem usados como fonte de energia primária, serão estes nutrientes também a serem usados com maior participação dentro no ato do exercício físico, durante os treinos.

Garantir a oferta deste nutriente é garantir que “combustível para a maquina” e com isso evitamos a fadiga precoce, permitindo que o individuo treine durante mais tempo ou que se recupere melhor entre os treinos. Quanto mais intenso o exercício for, maior será sua dependência em relação ao carboidrato como combustível.

Material elaborado por Diogo Círico, Nutricionista Esportivo Growth Supplements.

Saiba como tomar